"Espaço para a Manifestação Artístico-Cultural e Convivência dos Interessados em Compartilhar Experiências, Opiniões e Trabalhos Afins"

quarta-feira, junho 24, 2009

POEMA (Arte pela Arte)


A arte é, permanente vigia,
Da existência universal,
Com olho profundo e imparcial,
Enxerga e calcula, descreve e espia,
O negrume da noite, o lume do dia;
Observa e espreita o bem e o mal.

E como fiel da balança,
Da cega justiça que pune sem ver,
O papiro penetra o olho que lê
E arrasta o sensível, pro centro da dança
Da frenética vida, que doida, se lança,
Na ponta da pena daquele que crê.

Que é poder de redenção, o poema,
Sagração perfeita da filosofia,
Palavra secreta, fiel profecia,
Lágrima santa, êxtase, tema,
Espada e brasão, bandeira e emblema,
Arrimo da alma, clamor, poesia!

É canto querido da boca plangente!
Que grita pra gente de dentro da dor;
Escancara carente a chaga do amor,
Navalha cortante do tecido quente
Da mão do poeta, cantor renitente
Que põe na ferida, o orvalho da flor!

Como transe de profeta bíblico
No Talmude, Torá, Alcorão,
Ou desejo, pedindo paixão,
Ritual excitante e rítmico,
O calor de um cio cíclico,
No momento de sublimação!

Concreta quimera a serviço do belo.
Destino da mão que escreve, que rima;
É trilha intrilhada, caminho da sina;
Senhor da corrente, escravo do elo;
Dono do cordeiro, pedinte do velo;
O verso, maná, vertido de cima!

No peito alegórico é rico arabesco;
Exótica dança de negra africana;
Suor no seu ventre, melaço de cana!
Enfeites berrantes, gritante adereço;
Sonhando com deuses que habitam no berço;
Torrão ancestral, da nação angolana!

É guiador que conduz a alma que aflora
Na percepção, genial sacrossanta,
Que no coração, colossal se agiganta,
Querendo da vida cantar sem demora,
A humanidade que canta e que chora;
E quando isso se vê, se agita e se espanta!

É em tudo e tanto, por fim,
Eterna herança, entidade viva!
Raiz milenar no tronco da oliva,
Um olho que inflama a chama do sim,
Trazendo um braseiro pra dentro de mim,
Que Deus por carinho... Afaga e... Cativa!
Max Costa Imagens: Minerva: http://plato.if.usp.br/1-2003/fmt0405d/apostila/renasc7/index.html mão do escriba:http://ubepb.wordpress.com/20-de-abril-dia-do-escritor-paraibano/

10 comentários:

NHAMUNDÁ ON LINE disse...

Amigo MAX COSTA,
Que poema belíssimo!
Arte pela arte, não é só um poema, ou uma homenagem... É uma obra prima universal, que fala de alma para alma aos poetas dihittianos e demais!
Parabéns!
LISON.

CavaleiroVirtual disse...

Salve, dileto Confrade!
É para mim, sempre um prazer poder falar do privilégio e da honra que é para nós da Confraria Virtual,receber vossa visita; e ainda mais poder desfrutar o carinho de seus comentários sempre tão conscientes e consistentes; Muito obrigado!
Um abraço mui fraterno!
Deste sempre seu Confrade: Max Costa

Cris disse...

Max,

Linda homenagem feita a todos os artistas e isso inclui você. Adorei o poema que tange as mais diversas camadas artísticas.

Beijocas
Cris

CavaleiroVirtual disse...

Salve, minha querida Confrade!
Eu te confesso que, a alma do Cavaleiro Virtual se sente deveras acalantada e acariciada pela sinceridade de teu carinho! Quão bom é, poder desfrutar da convivência de pessoas tão especiais!
Muito obrigado por compartilhar conosco o carinho de sua valorosa opinião!
Eu te envio um abraço mui terno!
Este sempre teu Confrade: Max Costa

Maria Betânia disse...

Olá, gostaria de formar parceria com vc, no entanto não localizei seu banner e levei apenas o link, se tiver interessado, visite-me, tenho um banner.
Até a próxima.

Maria Betânia disse...

Estou seguindo vc e gostaria q tb me seguisse, parcerias são sempre bem vindas.

Afrodite disse...

Olá, Cavaleiro Virtual,
Falar de arte é viajar junto com a obra, com o que ela represente e transmite.
Lindos versos!

Parabéns!
Beijos!
Lu

CavaleiroVirtual disse...

Salve, querida Confrade!
Sim! Sim, a arte é o portal que transcende a convenção do "normal" e nos leva ao ponto de onde podemos vislumbrar a essência da existência!
A Confraria se sente honrada com sua presença, AFRODITE, deusa dos dons!
Receba o nosso mais sincero carinho!
Este teu Confrade: Max Costa

Marco Sistinne disse...

Olá Cavaleiro Virtual, a arte talvez seja uma das maiores manifestações do homem para se aproximar de Deus; parabéns, gostei daqui ...

Abraços
Marco

CavaleiroVirtual disse...

Salve, Confrade!
Seja muito bem vindo à nossa Confraria; a sua presença nos traz alegria e honra!
De fato, o dom da arte concedido por Deus aos de percepção sensível, eleva o artista - ser sui generis - a uma sublimação que beira a onisciência!
Muito obrigado por compartilhar conosco a sua opinião!
Uu abraço.
Deste Confrade: Max Costa

Postar um comentário

Template - Dicas para Blogs