"Espaço para a Manifestação Artístico-Cultural e Convivência dos Interessados em Compartilhar Experiências, Opiniões e Trabalhos Afins"

sábado, dezembro 25, 2010

O Que Você Diria a uma Fada?



À Simone Mascarenhas, a fada melíflua.

Definitivamente, nessa noite de insone vigília, sondando os recônditos aflitos de minha alma inquieta, foi afetada sobremaneira a minha maneira de perceber a realidade imediata que me cerca, pois o dia por aqui amanheceu estranho!
A vermelhidão-dourada da luminosidade do novo dia veio num lusco-fusco de um gris indefinido, sem realmente acordar as flores matinais do descuidado jardim; em frente ao casarão no qual me escondo, sempre que preciso meditar.  
Da sacada do velho sobrado, é possível distinguir em panorâmica visão o leve bailar dos pêndulos vegetais, grávidos de novas flores, promissores de ininterrupto parto primaveril!
Abelhas e formigas, incansáveis e madrugadoras, já se movem no frenético labor de suas vidas efêmeras; e as borboletas, com suas cores esfuziantes e a simetria de seus desenhos psicodélicos, fascinando-me num êxtase de beleza e graça; como se fadas sensuais bailassem provocantes no espaço imenso de minha incurável solidão...! Hoje elas realmente se superaram e consigo com uma estranha e improvável clareza distinguir nas silhuetas esguias que esvoaçam por sobre as flores mal despertas as formas diáfanas e sinuosas das fadas sensuais das minhas fábulas de infância!
Então, desci intrigado como a subjetividade a um só tempo surreal e palpável daquela tangível alucinação matinal!
De fato, nada mais eram que lindas e comuns borboletas; porém minha inadequada percepção continuou a insistir em se comunicar com a minha fantasia no plano imediato da realidade paralela.
E com a nitidez de uma fonte cristalina sob o sol do meio dia, pude distinguir algumas das fadas cujos rostos eu já havia conhecido há muito, em fábulas tantas.
A fada violeta, com seu rosto sério e seus lábios negros, as asas também negras com seus laivos de um vermelho purpúreo; a fada da lua com a brancura quase ofuscante de sua pele de um branco-azulado iridescente e suas asas translúcidas e vítreas; a fada das flores, em variadas cores berrantes e seus cabelos ruivos cor de fogo, exuberante, em suas formas voluptuosas desprovidas de qualquer vestimenta.
Tantas e tantas todas elas, numa explosiva invasão de beleza e indizível êxtase de solitária e maravilhosa auto-satisfação compensatória desta acompanhada solidão!
Porém, em meio a toda essa ludicidade bucólica de sonho infantil, algo destoava da magia daquele momento único; pois, mais para adiante, num isolado canto do jardim, pude vislumbrar a frágil e mais bela das silhuetas fantásticas: A fada melíflua, a fada das idéias sem fim, a minha fada predileta!
Ela continuava como sempre linda e fascinante, com suas formas perfeitas e desejáveis, no seminu de seu sumário vestido de gaze e suas asas abrangentes de cores leves e quase translúcidas.
Porém, no seu olhar havia algo de diferente e incomodo; uma expressão que eu não consegui identificar, mas que a mim me pareceu que era algo muito forte, pois a fada se mostrava tímida e retraída, numa fragilidade que me inspirava desejos de abraçá-la e protegê-la num carinho sem fim; que lhe resguardasse das dores e das tristezas, próprias do mundo humano.
Os nossos olhares se cruzaram por um breve momento e nós estendemos nossas mãos para tocar-nos; mesmo sabendo que se isso acontecesse, o encanto se quebraria e eu nunca mais veria as fadas no poder mágico de um sonho desperto; mas por um instante, hesitamos, e eu, numa débil tentativa de consolo, lhe disse apenas uns versos desconexos:

A FADA MELÍFLUA

Quando a aura matinal 
Em luz sã, beija o orvalho; 
Branco alvorecer de maio; 
Desperta a fada eternal! 

E com doçura melíflua, 
Pelo poder da brandura, 
Emana de si, candura, 
Com sua aura eflúvia! 

De seu dom em mel imerso, 
Pela magia do verso, 
Escreve rimas pra mim! 

Repletas de amor fraterno, 
Qual banho em carinho terno, 
Nos dons da fada sem fim! 

Receba a sinceridade do meu mais terno carinho!
A espada e escudo do Cavaleiro Virtual estarão sempre à sua disposição!

E VOCÊ, O QUE DIRIA A UMA FADA?

27 comentários:

O bEM viVER disse...

Nossa! Simone!

Que lindo, hem!!!
Mas como disse em outro comentário, VOCÊ MERECE mesmo, amiga.

És uma fada!!!

Bj.

Guria Faceira disse...

mas bah
isso é pouco nossa fadusca merece muito mais
as palvras saum belas
dignas de nossa linda fadusca
eu diria a nossa fadusca
pra manter este coração enorme
e este encanto e magia q é so dela

bjo grande

Sissym disse...

Amigos, preciso explicar para muitos sobre Melíflua: adj. Que flui ou mana como o mel. / Fig. Agradável, suave, harmonioso: voz melíflua....

Para a minha que desejou ouvir tudo do começo ao fim, precisei "traduzir" muitas palavras, porque seu vocabulario ainda está em formação!
E ela... ADOROUUUUUUUUUUU!!!!!!!!
Porque as crianças entendem com simplicidade e com o coração.

Cavaleiro virtual, a poesia já conhecia porque me enviou e achei magnifica, porém o texto é um sonho. Eu pude estar nele. Assim como um dia escrevi O Bosque Encantado. Eu me senti lá.

Nem sei como agradecer. Recebi muitos presentes, sendo um deles ter minha filha ao meu lado, além de telefonemas de amigos do dihitt e facebook, mas com certeza, este seu presente é inesquecível.

Sim, existe algo diferente no meu olhar.

Obrigada

Neusa Fiesta disse...

Sissy, eu lhe digo que como :

Fada melíflua,
você é fonte de mel,
você é a luz das acácias,
você é a mãe do Sol.

Você é forte,
dentes e músculos,
peitos e lábios,
você é forte

Você é linda,
as areais e as estrelas
não são mais lindas do que você!

Você é linda, Sissy
mais que demais...
Você é linda, sim
é como uma onda do mar
que bateu em mim...

Rodrigo Piva disse...

Que texto belíssimo, Max! Parabéns!
A homenageada é total merecedora!!!
Abraços

Luz disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Kassya Mendonca disse...

Max,
que texto maravilhoso!!!
perfeito!
descreve a nossa Fada com maestria!
O que eu diria a uma fada?
eu diria:
fada querida
em suas asas transparentes
em belo voo ao ceu
sonhe!!!
a felicidade é o teu dom,
sonhe!
o esplendor é o teu destino...
sonhe!
pois tua vida são tuas asas
e ao voar serás
sempre a fada encantada!

beijos

CavaleiroVirtual disse...

Salve, querida Confrade!
Eu e minha fada predileta nos sentimos honrados com sua visita, seja sempre muito bem vinda!
Sim, de fato a fada melíflua Sissym é a mais perfeita delas!
O Cavaleiro Virtual lhe envia a sinceridade do seu carinho!

CavaleiroVirtual disse...

Salve, linda Confrade, faceira guria Juci!
Disseste-o muito bem, minha fada predileta é mesmo tudo isso e muito mais!
Mas depois de tua síntese, não acrescentarei mais nenhum adjetivo! rsrsrs
Muito obrigado pelo carinho da visita e comentário!
O Cavaleiro Virtual te abraça em carinhoso amor fraterno!

CavaleiroVirtual disse...

Salve, Sissym, minha fada predileta!

Que maravilhosa recompensa, é saber que pude provocar sensações tais em seu coração tão especial!
Ademais querida fada, tu bem o sabes que, "o artista vive de aplausos"!
Eu fico também deveras muito Feliz por saber do seu interesse de sua princesinha por poesia e por literatura de um modo geral, é um ótimo sinal! rsrsrs
Faça que ela saiba que, um homem comum, mas com o espirito de um verdadeiro cavaleiro, roga sobre a vida dela, toda a convergência de tudo aquilo que é bom!
Eu te envio o que houver de melhor em mim!

CavaleiroVirtual disse...

Salve, querida Confrade!

WOW! Quisera eu ter podido pensar numa síntese tão bela e completa quanto a sua!
O Cavaleiro Virtual e sua fada predileta agradecem enaltecidos, a sua visita e o carinho de seu lindo e sincero comentário!
O Cavaleiro Virtual te envia o carinho sincero de um fraterno abraço

CavaleiroVirtual disse...

Salve, dileto e venerável Confrade Piva!

Que belíssima e honrosa surpresa receber a visita de tão ilustre problogger!
O Cavaleiro Virtual e sua fada predileta agradecem, enaltecidos as suas congratulações!
E de fato a veracidade cotidiana de nossa fada confirma e reafirma que ela é sim, merecedora de todas as homenagens!
Muito obrigado por sua honrosa visita e pelo carinho sincero de seu comentário!
O Cavaleiro Virtual o abraça em amor fraterno!
P.S. Perdoe-me pelo demorado silencio, logo lhe farei uma visita.

CavaleiroVirtual disse...

Salve, querida Confrade Kassya!
Este tolo e romântico Cavaleiro Virtual se sente por demais enaltecido por seu efusivo e sincero aplauso!
E também me sinto encantado por saber que ainda existem pessoas maravilhosas como você, que ainda são capazes de perceber e absorver a magia linda das coisas lúdicas e ter palavras para descrevê-las tão lindamente!
Muito obrigado por sua honrosa visita e pelo carinho de seu belíssimo e sincero comentário!
O Cavaleiro Virtual te envia o carinho do mais terno abraço!

Sissym disse...

Eu fiquei feliz com os lindos comentarios deixados no dihitt.

Beijos e otimo domingo a todos.

Rosana disse...

Max,

Nossa fadinha não poderia receber homenagem mais linda do que esta, onde percebemos a sutileza e a magia das palavras que são dignas de uma verdadeira fada.

Sis!!! Você merece amiga!!!

Adorei!

Bjs.

Rosana.

CavaleiroVirtual disse...

Salve, minha mui querida Confrade!
A alma tola e romântica deste Cavaleiro Virtual se sente a um só tempo em êxtase e enaltecimento por teu tão efusivo aplauso e minha fada predileta também, com certeza, se sente acariciada por tua palavras tão belas e carinhosas!
Muito obrigado pela honra ímpar de tua visita e pelo carinho de teu lindo e sincero comentário!
O Cavaleiro Virtual te envia a ternura de um fraterno abraço carinhoso

♥ Vanda ♥ disse...

Linda homenagem!! Amei ♥ Beijo grande!

-*Vera Luz*- disse...

Olá!

Maravilhoso é quando algo toca nosso coração e faz acontecer explosão em palavras, estas que podem encantar e colaborar em cada momento na vida para resplandecer o nosso melhor! Parabéns ao nosso amigo por tanta inspiração e claro para nossa amiga do coração fada Sissym!! Que merece como todo ser humano de bem, ser feliz na vida que compartilha com o todo em sua forma humana em que todos nós estamos mergulhados para o nosso desenvolvimento!! Parabéns pois o amor desperta sempre em nós a forma de participar com o bem uns aos outros!

Um abraço,
"Todo o Conhecimento é Luz que Inspira a Alma" -*Vera Luz*-

Histórias & Estórias disse...

Uma explosão de contentamento, uma magia de perder os sentidos e se achar na melhor curva da estrada. Lindo! Simplesmente, lindo!

CavaleiroVirtual disse...

Salve, querida e linda Confrade, Vanda!
Este teu Cavaleiro Virtual e sua fada predileta se sentem acariciados na alma, por tua honrosa visita e pelo imenso carinho do teu beijo!
O Cavaleiro Virtual te envia o seu mais terno abraço!

CavaleiroVirtual disse...

Salve, querida e linda Confrade Vera Luz!
É deveras um indescritível deleite ser banhado por tão VERA LUZ de palavras carregadas de profundo sentimento, sincero carinho e luminosa sabedoria!
Eu e minha fada predileta nos sentimos enaltecidos por tua honrosa visita e pelo afago de tuas lindas palavras!
O Cavaleiro Virtual te abraça em carinho terno!

CavaleiroVirtual disse...

Salve, minha mui querida e sempre linda Kitmell!
A alma deste teu Cavaleiro Virtual se magnifica no prazer de tua doce e luminosa visita, dama dos recantos bucólicos!
E minha fada predileta com certeza também partilha iguais sentimentos tais!
Muito obrigado por nos trazer o deleitoso afago de tua caríssima atenção!
O Cavaleiro Virtual te envolve no halo de luz do imenso e terno carinho que por ti nutre!

Cidadão Araçatuba disse...

Para ela afetar o modo de como nossos políticos raciocinam, fazendo com que eles se curvem as necessidades do povo e não ao poder do dinheiro. Um país justo, comandado por pessoas justas ensinando o povo a ser justo! Na verdade seriam vários pedidos, eis alguns deles! Abraço, bom ano novo e parabenizo-o pelo blog!

CavaleiroVirtual disse...

Salve, Confrade!
Eu e minha fada predileta nos sentimos honrados com sua visita!
Caríssimo, embora o seu anseio político seja mais que legítimo e compartilhado por todos nós, os do povo, é preciso que eu lhe diga que, as fadas não tomam iniciativa de mudarem o íntimo de alguém, elas nunca agem por conta própria; as fadas são realizadora de desejos; agora, eu lhe pergunto: Você acha que essa corja de vampiros do sistema quer que alguma coisa mude no caótico caldeirão político nacional de onde eles, ávida e luxuriosamente, sugam o fruto do nosso esforço cotidiano?
Meus parabéns por seu clarividente raciocínio!
O Cavaleiro virtual o reverencia.

Resula Maxine disse...

QUE HOMENAGUEM LINDA PAI!!!
ADOREI MESMO,PARÁBÉNS PARA HOMENAGIADA,COM CERTEZA DEVE SER MESMO MERECEDORA DE TAMANHA DELICADEZA.
MAIS O QUE EU PEDIRIA A UMA FADA???
FACÍL NÉ PAI???KKKKKK.
PEDIRIA PRA ELA ME LEVAR ATÉ O SENHOR PRA TE DAR UM XERINHO KKKKKK,JÁ ESTAVA DE BOM TAMANHO.
PARÁBÉNS PELA LINDA POESIA,COMO SEMPRE O SENHOR ARRAZANDO EM TUDO QUE FAZ,O SENHOR É MEU ORGULHO MAIOR,TE AMO INFINITAMENTE.

CavaleiroVirtual disse...

Salve, meu DNA tornado linda mulher!
Este tolo Cavaleiro Virtual deposita aos teus santos pés, as sinceras lágrimas da gratidão, a Deus por seres a maravilhosa filha que és e a ti, por seres a maravilhosa pessoa que és!
Eu deixo explícito aqui - sem nenhum risco de cabotinagem - que meu é o privilégio de te pertencer o meu coração, pois, jamais em tempo algum, tive maior orgulho e privilégio de ser teu pai, inapto, porém, o mais ditoso de todos os pais gerados por Deus!
Eu te envio tudo aquilo que em mim houver de melhor!

Amanda Lemos disse...

Tudo muito interessante por aqui,
Gostei muito mesmo.
E te convido para conhecer meu espaço, caso queira dar uma olhada, seguir..;

http://www.bolgdoano.blogspot.com/

Muito Obrigada, desde já.

Postar um comentário

Template - Dicas para Blogs